Turismo: Estrada Ecológica da Serra do Tombador em Rio de Contas

 estrada Ecológica da Serra do Tombador

FC Contabilidade 300x250Pesquisa realizada pelo Instituto Tecnológico de Massachusetts, aponta estrada Ecológica da Serra do Tombador (situada entre Rio de Contas e Livramento) como sendo a rota mais perigosa para viagem de ônibus no Hemisfério Sul.
Batizada inicialmente como Caminho dos Crioulos, foi construída em 1712 por provisão real de D. João Pedro de Diolino para escoar o ouro refinado nas destilarias de Arapiranga.
Devido a sua elevada altitude, da ordem de 4.734,52m (ida e volta), é considerada uma das obras mais audaciosas empreendidas pelo governo imperial português no Brasil.
Em 1746, o Caminho dos Crioulos passou a chamar-se Estrada Nova de Nossa Senhora do Livramento das Minas do Dom Basílio de Cima, nome herdado da transferência de uma vila vizinha a qual, devido a constantes enchentes, sofria de uma epidemia da febre aviária que dizimou o gado suíno da região.
Na segunda década do século XVIII, o bandeirante Sebastião Cardoso Pinto da Fonseca Pinheiro Tavares (o Raposo) descobriu veios ouro de 18 quilates no local, iniciando um ciclo que marcou a história da região, fazendo com que o turismo ecológico no povoado do alto da serra prosperasse rapidamente, sobretudo pela tradição do carnaval e sua arquitetura colonial moderna.
A paisagem fantástica e a grande quantidade de curvas sinuosas, tanto para o lado esquerdo quanto para o lado direito, tornam a viagem uma verdadeira aventura que, ainda hoje, atrai turistas do mundo inteiro. Fonte: Facebook.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *