Polícia Federal prende uma pessoa em Jequié pela Operação Lateronis

Os nomes dos envolvidos não foram divulgados pela polícia federal. As cooperativas investigadas são a Coopetran (Cooperativa de Transportes Alternativos do Estado da Bahia), a Transcops (Cooperativa de Trabalho dos Profissionais de Transportes Alternativos Especiais), e Transcoob (Cooperativa Mista de Profissionais de Transporte e Consumo do Brasil). A operação Lateronis deflagrada conjuntamente, para combater crimes de desvio de recursos públicos destinados à área da educação no centro-sul baiano, 13 mandatos foram expedidos.

Segundo informações uma pessoa de Jequié foi presa. Parte dos valores recebidos pelas cooperativas era repassada a servidores públicos, no intuito de corromper agentes políticos e interferir em decisões dos poderes Executivo e Legislativo municipais, além de financiar ilicitamente campanhas eleitorais como forma de se manterem dominantes no poder. O grupo chegava a decidir os candidatos que concorreriam aos cargos eletivos nos municípios de sua atuação, a formação das coligações locais, o secretariado a ser nomeado pelos prefeitos e até mesmo se as Câmaras Municipais deveriam ou não aprovar as contas do município. Uma espécie de atuação paralela que influenciava decisões públicas a favor de interesses ligados ao esquema criminoso.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *