SINDICATO DOS BANCÁRIOS DE JEQUIÉ “2018: SÓ A LUTA TE GARANTE”

 

Ano novo chegou e com ele a perspectiva de grandes desafios para todos nós trabalhadores e trabalhadoras. Assim que forem retomados os trabalhos legislativos o governo golpista tentará impor a todos nós mais uma derrota no parlamento, quando já em fevereiro, promete votar a Reforma da Previdência. Além disso, teremos uma Campanha Salarial atípica, pois jamais iniciamos um ano sem que tenhamos tido, no ano anterior, uma campanha salarial. Ressalta-se, entretanto, que estamos convictos de que a decisão de contratar uma CCT de dois anos em 2016, hoje, mais do que nunca, aponta para uma decisão acertada, apesar de muitos ainda pensarem ao contrário.

Como principal estratégia para o novo ano, o movimento sindical aposta na antecipação da campanha salarial, além de uma grande mobilização de todos os bancários, inclusive dos com cargos comissionados, pois sem isso não conseguiremos sequer manter os direitos conseguidos em décadas de lutas. Os banqueiros, certamente virão com toda força para exterminar uma serie de direitos já conquistados e, tentarão a todo custo impor as mudanças da reforma trabalhista contra os bancários.

Neste ano que ora se inicia, necessário se faz mantermos mais do que nunca a unidade da categoria bancária, com mesa única de negociação, além das mesas específicas por banco. O governo golpista tentará retirar das negociações a participação dos bancos públicos e isso seria nefasto para a categoria como um todo.

Soma-se a isso, a necessidade de darmos as mãos para elegermos um parlamento alinhado com o pensamento de todos os trabalhadores e trabalhadoras, pois de que adiantaria eleger um presidente comprometido com o trabalho, sem que haja um Congresso alinhado para respaldá-lo na tentativa de revogação da Reforma trabalhista e da lei de Terceirização, dentre outras. Precisamos lutar, precisamos assumir o protagonismo das eleições para o congresso e Assembleias legislativas, pois somente assim, poderemos impor derrotas ao capital financeiro e às grandes elites desse país. Em 2018 teremos de montar comitês políticos e saber escolher bem nossos deputados e governantes, caso contrário a luta estará perdida.

Assim, conclamo a todos os bancários e bancárias a participarem firmes de todas as lutas, manifestações e enfrentamentos contra o capital que tem tentado exterminar os direitos das trabalhadoras e trabalhadores brasileiros, o que já levou mais de 5 milhões de brasileiros e brasileiras à pobreza extrema (dados do IBGE) e segue firme para impor a todos nós derrotas históricas. VAMOS À LUTA, COM FORÇA, POIS SÓ A LUTA VAI NOS GARANTIR! Que tenhamos um 2018 de vitórias e conquistas!

 

Marcel Cardim Santana

Presidente

 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *