Poema: Bia Limeira

Eu
Que não uso drogas
Nem um cigarro branco sequer
Queria te tragar
E como a droga que você é
Que me levasse, mesmo que de pé
Pra outro lugar
Onde você não seja visto como maldito.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *