Prefeito diz em entrevista que a prefeitura de Jequié é extremamente deficitária

Ao analisar na manhã desta sexta-feira (09), a situação do Instituto de Previdência dos Servidores Municipais de Jequié (IPREJ), em entrevista ao programa Primeira Página (Rádio Povo FM), o prefeito Sérgio da Gameleira (PSB), afirmou que um órgão que deveria ser autônomo, usando sua receita para pagar seus compromissos, depende todos os meses que a Prefeitura, aporte recursos próprios na ordem de R$ 1 milhão e até R$ 1,2 milhão, “para cobrir o rombo”. Segundo o prefeito a Prefeitura que é responsável pelo Instituto acumulou débitos com o órgão ao longo de muitas gestões, “por conta disso temos hoje um instituto pre-falimentar e eu tenho advertido sobre isso a muito tempo”, disse. Revelou ainda que vem buscando segurança jurídica para tentar quitar com recursos do precatório [do Fundeb], parte dos débitos que o setor de Educação tem com o IPREJ.

Segundo dados do Blog Jequié Repórter, do jornalista Wilson Novaes, o volume total do débito da Prefeitura  é de cerca de R$ 60 milhões, dos quais 65% diz respeito ao setor de Educação. “Estamos analisando como pagar, a exemplo do que foi feito com aproximadamente 3600 processos administrativos da área da Educação”. Ainda fazendo referência à situação financeira do IPREJ, Sérgio da Gameleira afirmou [referindo-se à gestão anterior] que, “foi efetivamente montada uma quadrilha para desviar milhões do IPREJ e o processo corre em segredo de Justiça. Isso virá à tona e não tenho dúvida de que os responsáveis irão pagar por isso”. Sérgio da Gameleira falou também sobre a auditoria da folha de pessoal, que nesse mês de março, para pagamento em abril deverá trazer uma redução  de R$ 1,5 milhão, “com a retirada da primeira etapa dos casos mais gritantes de acordo com o Termo de Ajustamento de Conduta-TAC, firmado com o Ministério Público Estadual”, antecipou Sérgio da Gameleira. A redução total do que é considerada “inconsistências”, representará uma economia mensal de R$ 3 milhões. Ouça o áudio aqui!

 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *