Rui Costa não cumpre com o que promete, diz oposição

Ponte ainda na promessa do governador Rui Costa

O deputado estadual, Alan Sanches, líder do bloco DEM/PRB na Assembleia Legislativa, denuncia que além de na Bahia os recursos do governo estadual estarem cada vez mais próximos do mínimo legal – de acordo com a Lei Complementar nº 141/2012 os estados devem investir no mínimo 12% de suas receitas na saúde – o governador Rui Costa não cumpre com o que promete e o caos aumenta cada vez mais. Ele cita como exemplo, que no Plano Plurianual (PPA) estava programado a construção de sete novos hospitais até o final de 2017, mas só foram entregues dois.

“Mas só foram entregues dois: o Hospital Regional da Chapada (Seabra) e o Hospital da Costa do Cacau em Ilhéus, que embora inaugurado ainda não funciona em sua totalidade por falta de estrutura. O Hospital Regional em Feira de Santana foi prometido no seu primeiro ano de governo e até agora nada. E isso pode ser comprovado pelos recursos investidos que beiram o mínimo a cada ano”, enfatizou, lembrando que em 2015 foi investido somente 12,69% do que manda a lei, em 2016 12,49% e em 2017 um total de 13,35%.

“Prometeu ainda a construção de 28 Policlínicas, sendo 11 no seu primeiro ano de mandato. Porém, entregou somente quatro no penúltimo ano, as vésperas da eleição: Irecê, Jequié, Teixeira de Freitas e Guanambi). Policlínicas essas, que serão administradas pelos consórcios municipais de saúde, onde o Estado participa financeiramente com 40% e os municípios com 60%. Ou seja, o povo pagando um preço altíssimo, sem ter atendimento médico de qualidade por uma gestão que não prioriza um dos principais setores”.

Em Jequié, a promessa fica na construção da nova ponte  “Ainda em 2018 nós vamos iniciar as obras da duplicação desta ponte, para que agente tenha uma via duplicada com quatro pistas,  para melhorar a integração do outro lado. A prefeitura vai liberar alguns prédios municipais para agente seguir com as pista duplicadas e melhorar todo o trafego aqui da região”, disse o governador. (Ouça o áudio).

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *