Jequié: Poda de árvores causa revolta a moradores do Campo do América

Muitas pessoas estão chocadas com a poda radical  de algumas árvores em frente da Unidade de Saúde do Campo do América, na Rua Manoel Vitorino. A ação tem acontecido há muito tempo em Jequié, ninguém sabe o procedimento correto  para este tipo de poda. Em várias gestões a secretaria responsável pelas podas sempre permitem a prática destes excessos. Na administração da  ex-prefeito Tânia Britto, o setor cortou várias árvores na “cepa”, no  bosque de Algarobas em frente ao Aeroporto Vicente Grillo.

A atual administração tem feito o mesmo em algumas árvores da cidade. Segundo informações, muitas dessas árvores não resistem a poda radical e terminam morrendo.

Segundo informações de um site especializado no assunto, este serviço pode ser realizado somente por profissionais formados em algum curso de jardinagem. Os equipamentos de trabalho também devem estar em conformidade com as normativas do IBAMA – Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis.

Em Jequié todos sabem que tem um período com calor intenso e as árvores serve a população como refúgio para amenizar o forte calor.

Cidades de menor porte como Amargosa, Milagres, Itaquara, as podas têm um critério diferente. A Prefeitura Municipal de Amargosa anunciou que realizou, na semana passada, a poda das árvores da Praça do Bosque. Segundo a nota: A iniciativa foi realizada tendo em vista a segurança da população e dos visitantes que chegarão à cidade para os festejos juninos, além de melhorar a luminosidade do local. Estiveram envolvidos na ação engenheiros ambientais, agrônomos e profissionais de paisagismo, explicitando a preocupação da prefeitura com o patrimônio ambiental do município.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *