Prefeitura de Jequié lança REDA para 377 candidatos

Segundo informações há oportunidades disponíveis nesta seleção nos cargos de Atendente (36), Motorista A/B (6), Orientador Social (24), Técnico em Enfermagem (1), Assistente Social no SUAS (22), Nutricionista (2), Pedagogo no SUAS (7), Psicólogo no SUAS (20), Agentes de Combate às Endemias (40), Atendente de Farmácia (25), Condutor Socorrista (16), Motorista D (8), Oficineiro (6), Rádio-Operador (3), Técnico Auxiliar de Regulação Médica (11), Técnico em Enfermagem (46), Técnico em Enfermagem para o Samu (12), Técnico em Saúde Bucal (26), Técnico em Segurança do Trabalho (1), Técnico em Enfermagem para conduzir motolância (4), Assistente Social (2), Biomédico (1), Educador Físico para Caps Ad (1), Educador Físico para Nasf (1), Enfermeiro para atuação em Saúde Mental (9), Enfermeiro para atuação em Regulação (2), Enfermeiro Samu (4), Engenheiro de Segurança do Trabalho (1), Farmacêutico (6), Fisioterapeuta Nasf (1), Fisioterapeuta Nuprej (2), Fonoaudiólogo (1), Médico Clínico (4), Médico do Trabalho (1), Médico Intervencionista (8), Médico Clínico para Caps Ad (2), Médico Psiquiatra (2), Nutricionista (2), Psicólogo Caps (5), Psicólogo DST (1), Psicólogo Nasf (1), Psicólogo Nuprej (1) e Terapeuta Ocupacional (4), com carga horária de 20h a 40h semanais e remuneração entre R$ 1.272,60 e R$ 4.023,18. Dentre as vagas ofertadas, há oportunidades reservadas a pessoas com deficiência.

Os interessados em alguma destas chances podem efetuar inscrição por meio do endereço eletrônico www.msconcursos.com.br, até o dia 23 de julho de 2018. A taxa de participação tem valor de R$ 30,00 ou R$ 50,00.

A seleção apesar de bem vinda é contestada pelos sindicatos responsável pelas funcionários da prefeitura de Jequié, que dependem do funcionamento do Iprej-Instituto Previdenciários de Jequié. O processo seletivo por REDA não beneficia em nada e nem garante o futuro dos próximos aposentados da prefeitura de Jequié.

Segundo o leitor do BZM Cassio Duarte “Contrata os profissionais com tempo determinado, sem nenhum beneficio, sem um plano de carreira . Essas formas de precarizar as relações trabalhistas deviam ser combatidas . Cadê os vereadores? conselhos de classe, Ministérios Público?”, perguntou.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *