Anésia Cauaçu lembrada em radioteatro sobre mulher no cangaço na Rádio Folha FM

“Mulher, Cangaço e Poder”, escrito pela âncora da Rádio Folha FM, Patrícia Breda, procura mostrar como seria o dia a dia das mulheres que acompanharam os cangaceiros pelo sertão nordestino. a trama conta com as participações da cantora, compositora e produtora cultural Adriana B e da jornalista, publicitária e atriz Suely Belfort.

Estão na trama um possível encontro de Maria Bonita e Dadá, as famosas companheiras de Lampião e Corisco, no meio da caatinga, em ajuda a uma outra cangaceira em difícil trabalho de parto, além da aparição da vaqueira cangaceiraAnesia Adelaide, personagem que supostamente viveu em Jequié, na Bahia, e que teria sido a primeira mulher no cangaço, liderando, inclusive, seu próprio bando.

Também fazem parte do episódio dessa semana a história de Bárbara de Alencar, primeira presa política do Brasil , que participou da revolução de 1817, no Crato, e da Confederação do Equador.

No elenco, profissionais da Rádio Folha FM 96.7 e atrizes convidadas. A repórter Jacielma Cristina é Nenem; Vivane Costa, do departamento comercial da folha de permambuco é Inacinha; Âncora da Rádio Folha FM, Patrícia Breda dá vida a Moça; a cantora Adriana B é Dadá; Kelly Vilanova, do telemarkting da empresa é Maria Bonita; a jornalista e publicitária Suely interpreta a Vaqueira Cangaceira e a Gerente da Rádio Folha FM, Marise Rodrigues, dá vida a Bárbara de Alencar. Sonoplastia e edição são de Anderson Ricardo; Adiel, texto e direção de elenco de Patrícia Breda.

   Horários de exibição

Mulher, Cangaço e Poder“, será apresentado nesta sexta-feira (13), às 17h, no “Momento Cultural”  e no domingo (15), às 11h, dentro do programa “O Melhor da Música”. Veja mais aqui!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *