Desapareceram com 12 equipamentos tirados do galpão do Jardim Tropical

A prefeitura de Jequié devolveu na tarde desta quinta-feira 26.jul.2018, os móveis e equipamentos, retirados do galpão da Associação dos Moradores do Jardim Tropical. No ato considerado pelo líder comunitário José Lientinho com de perseguição e truculência do prefeito Sérgio da Gameleira e seus assessores, deixando uma comunidade de cerca de 2.800 pessoas sem os benefícios sociais promovido pela associação de moradores.

 

Segundo o Blog do radialista Marcio Lima o impasse que finalmente foi parcialmente resolvido, ainda faltam pelo menos 12 outros equipamentos que não foram encontrados pela gestão e que deverão ser comprados e entregues em um prazo de 10 dias, conforme explicou a presidente da associação ao radialista,  ao participar do programa 93 Agora na noite desta quinta-feira. Helena, fez seu agradecimentos destacando o papel social da 93 FM na divulgação e acompanhamento do fato, a José Lientinho, ex-presidente da associação que incansavelmente ajudou para o desfecho do caso, a Câmara de vereadores e a imprensa local.

 

Segundo informações, um funcionário que desapareceu com parte dos equipamentos estará comprando com seus recursos, dividindo em várias vezes em cartão de crédito. A responsabilidade de entrega de todos móveis e equipamentos são de inteira responsabilidade da Prefeitura de Jequié.

Na queda de braço quem perdeu foi o povo, que por uma atitude “política”, deixou uma comunidade sem os benefícios sociais. O jovem prefeito foi engabelado pelos assessores que no ato de perseguir a líder comunitária, que o tempo todo buscou se aproximar do executivo para atender os anseios de sua comunidade e foi execrada com cenas antidemocráticas.

O mesmo caminhão que tirou os móveis e equipamentos devolveu

Assessores da prefeitura que comemoraram a retirada dos móveis e equipamentos

 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *