Jequieense Tom Santos campeão internacional de MMA no Japão

O lutador Tom Santos, 34, sagrou-se campeão internacional de MMA no último dia 2, em Nagoya, no Japão. O brasileiro venceu o sul coreano Rae Yoon Ok no torneio Heat 44 na categoria até 70kg.

Santos é jequieense, mas mudou-se aos 9 anos com a família para Lourdes, na região de Araçatuba. Aos 19 mudou-se para Campo Grande-MS após se alistar no Exército. Aos 21 fez uma peneira no Comercial-MS, passou e atuou no clube entre 2007 e 2008 como lateral direito, onde foi vice-campeão estadual da série B. Durante o período em que foi jogador, alternava o serviço no quartel com os treinos da equipe, além de fazer parte da equipe de atletismo do Exército.

Tom ajudou o Comercial a subir para a primeira divisão do Mato Grosso do Sul, mas teve que abandonar a carreira de futebol, pois o comandante do quartel que apoiava a carreira do atleta saiu da companhia e o presidente do clube sul mato-grossense não deu aumento de salário para os jogadores, dificultando a estadia de Santos no clube. Seu destino foi retornar para o interior de São Paulo, na cidade de Buritama, onde seus pais viviam. Santos começou a trabalhar em uma usina de cana de açúcar como soldador de máquinas de moer cana.

Durante o período em que trabalhou na usina, ele procurou uma vaga em equipe de atletismo em Araçatuba para provas de 400m e 200m, mas não se destacou. Porém, o treinador disse que com esforço o atleta poderia obter bons resultados. Após um ano na usina, Santos pediu para sair da empresa e foi morar debaixo das arquibancadas do Estádio Municipal Adhemar de Barros, em Araçatuba. Arrumou um emprego de vigilante – dia sim, dia não. Nos dias de folga treinava.

Tom viu que não teria muita sorte no atletismo e foi em busca de novos ares. Foi aí que em 2010 encontrou o Muay Thai. “Cheguei no professor e disse: Quero aprender muay thai, mas quero ser campeão. Só que não posso perder tempo, se não servir para isso o senhor me fala que imediatamente vou correr atrás de outra coisa. Com um mês fiz uma luta profissional de muay thai, ganhei a luta e três pontos na cara”, conta em entrevista.

Com a vitória e o cinturão, Tom Santos possui 11 vitórias e 6 derrotas no seu currículo. O próximo desafio do lutador ainda não tem data marcada, mas Santos segue sua preparação na Ásia, onde faz temporadas longe da família que vive em Araçatuba. Fonte: Folha da Região

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *