Centro Pop Jequié: PRF resgata mãe e filho em situação de risco na BR 116

Centro Pop Jequié

Policiais rodoviários federais resgataram, na última quarta-feira (09), uma mulher e um menor em situação de risco. O fato iniciou por volta das 18h, no KM 677 da BR 116, em Jequié/BA, município localizado a 365 km de Salvador.

As ações iniciaram quando a equipe da Policia Rodoviária Federal  (PRF), abordou uma mulher um adolescente que estavam andando às margens da rodovia. Nenhum dos dois possuíam documentos e aparentavam transtornos mentais. A mulher informou que o menor era seu filho e que estavam realizando uma viagem a pé, e às vezes pegavam carona, há quase trinta dias, de Picos/PI a São Paulo, com o objetivo de reencontrar seu ex-marido.

As duas pessoas não possuíam recursos para alimentação e falaram que sofreram ameaças de estranhos durante o percurso. Diante do relato verificou-se que o menor estava em situação de risco pessoal/social, sendo encaminhado juntamente com sua genitora para o Centro de Referência Especializado para a População em Situação de Rua (CENTRO POP), órgão da Prefeitura Municipal de Jequié, que abriga pessoas carentes e dá apoio psicossocial.

No dia seguinte, outra equipe da PRF retornou ao CENTRO POP para elucidar melhor o fato e constatou que servidores do órgão fizeram contatos com parentes dos envolvidos, onde confirmaram que a mulher tinha problemas psiquiátricos e saiu da cidade de São José do Piauí/PI, acompanhado do seu filho, sem o devido consentimento da avó, que é responsável pela guarda do jovem. Naquela oportunidade, percebeu-se que mãe e filho receberam alimentação e cuidados médicos e psicológicos. O órgão de assistência social comunicou o fato para o Conselho Tutelar e Ministério Público (MPE), visando às medidas cabíveis.

Na sexta-feira (11), servidores do CENTRO POP solicitaram apoio da PRF para ajudar no retorno de mãe e filho para sua cidade natal. Os familiares providenciaram uma parte do valor da passagem e o gerente da empresa de ônibus contribuiu com o restante. Num ato de solidariedade da corporação, policiais rodoviários acompanharam o embarque de retorno para o município de São José do Piauí.

Na despedida, a humilde senhora que já apresentava sinais de melhora, afirmou: “nunca mais vou sair da minha casa, obrigado a Deus, aos anjos da PRF e a todos que me ajudaram”.

Portanto, uma simples abordagem de pessoas sem documentos, onde predominou a cordialidade, responsabilidade social e cuidados dos policiais com o ser humano, evitou o
desencadeamento de uma grave situação de vulnerabilidade social e desagregação familiar. A PRF cumprindo com sua missão de garantir segurança com cidadania nas rodovias.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *